29.7.10

Sobre Férias e Saudade

Saudade é aquela coisa que nem sempre é compartilhada, que dói bem mais em quem fica do que em quem parte. Não concorda? Te provo!
Quem parte vê novos cenários, novas caras, novos tons de voz. Com sorte, terá tempo de sentir saudade uma ou duas vezes ao dia, quando tocar aquela música que marcou, ou quando o café estiver amargo do jeito que ela gostava...Quem fica tem o carma de olhar pra cadeira que ela costumava sentar, o cantinho que se jogava para cochilar fingindo ver TV... Enfim, muitos detalhes! E todos eles são capazes de fazer referência direta a ela.Mas... Será que dói mais em quem fica ou apenas dói com mais frequência?!Quem fica mantém a casa, os amigos, a família e tudo o mais que se tenha conquistado com o passar do tempo. Quem vai, além da saudade, muitas vezes tem de enfrentar a solidão (e essa, meu amigo, vou te dizer que não é a melhor companheira pra saudade MESMO).
A conclusão que cheguei após minha reflexão sobre saudade é que ela não é generosa com ninguém. Mas é inevitável nos mais puros e intensos relacionamentos, pois não há amor sem saudade. Não existe saudade sem querer-bem. Mesmo que seja apenas saudade de algum momento que passou e que sabemos que nunca mais voltará, como nossos 15 anos ou a primeira vez que finalmente entramos em uma boate, compramos algo com nosso primeiro salário, assinamos o primeiro documento importante de nossas vidas... Às vezes eu me pego nostálgica, com saudade do tempo em que não tinha responsabilidades demais, que não vivia pra trabalhar e que não entendia direito o que queria dizer IRRF... Mas quer saber? Foi bom demais enquanto durou, mas já pensou uma pessoa com quase 25 anos que não sabe o que é Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, que vive de mesadinha da mãe e que precisa de autorização até pra ir comprar um sonho na padaria? É, nada contra, mas não acredito que EU seria mais feliz vivendo assim...A vida é mudança, é amadurecimento, é aprendizado. E saudade é algo que vai nos seguir pela vida. Seja de uma coisa, um sentimento, uma pessoa, um carinho, um bordão, uma fase, um cúmplice. O consolo é saber que se sentimos saudade é porque aproveitamos aquilo ao máximo e que está guardado no lugar mais precioso que alguém pode manter lembranças, no coração!
Como vocês perceberam, estou de volta! Férias curtinhas, mas muito proveitosas. Vamos tentar manter isso aqui menos abandonado e mais animado.

Olha a cara de felicidade do ser humano, passeando nas férias...

Peço pra galera que acompanha o blog aí se manifestar. É só com os comentários de vocês que eu posso conhecê-los e melhorar meus textos diariamente. Vocês não têm noção de como ajuda ouvir críticas, sejam positivas ou negativas. Dêem sugestões de assuntos que gostariam que eu falasse aqui no blog... Enfim! Comecei isso aqui pensando que ninguém ia ler, que seria meu diário eletrônico (e não estou falando daqueles da Minnie/ Mickey... rs), mas já que tem um pessoal aí acessando e voltando, acredito que gostem de alguma coisa... rs Então, gostaria de interagir! Está a sugestão, mas se quiser continuar no anonimato, sem problemas... Fique à vontade para ler minhas abobrinhas online... rs

21.7.10

Motivação

Pode vir de qualquer coisa... Nesse momento, veio daqui ó:

"When I get older, I will be stronger
They’ll call me freedom, just like a Waving Flag
And then it goes back, and then it goes back
And then it goes back"

Have a nice day! rs

20.7.10

Amigo!


Passando sem tempo e sem muita inspiração, mas não poderia deixar de registrar aqui um desejo de Feliz Dia do Amigo para todos os que assim eu considero.
Sejam amigos virtuais, reais, de infância ou recentes... Não é o tempo que define o tamanho do carinho. Se fosse assim, todo mundo se casaria com um vizinho... rs
O tempo e a distância que meu trabalho me obriga a ficar das pessoas faz pelo menos uma coisa boa na vida, só permite que fiquem aqueles que realmente valem a pena, os que realmente têm algum carinho sincero por mim (e vice-verso). O motivo é simples: Dá muito trabalho ser falso com alguém que você raramente vê. Então, a pessoa é raramente falsa e fica claro quem é de queijo e quem é de beijo...
Bem, pro post não ficar direto pra um ou pra outro, encerro por aqui. Não sem antes mandar um beijo bem grandão e especial para algumas pessoinhas sem as quais eu já teria me jogado da Ponte Rio-Niterói... rs

Quem me perdoem os demais, mas esses merecem muito...
Thiago Guedes - Descobri que tenho um irmão de coração, que é ele!

Ana Luiza Rodrigues - Nem preciso falar mais nada pra ela. Irmã também!

Bah Saraiva - Especial, a gente se entende!

Cara, vou parar por aqui pra não ser injusta... Mas esses três aí não tinha como deixar passar...

Feliz dia do amigo, pessoas! Todo o carinho que falo que tenho por vocês é real, é de verdade.

Bjuxxx

12.7.10


A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande.

Roger de Bussy-Rabutin

10.7.10

Evoluir

"Eu vou é cantar pro Sol, eu vou desejar com fé. E vou enfeitar de flor no mundo o que eu puder"
Natiruts

As coisas começam, a gente aproveita e depois elas acabam. É o círculo natural das coisas. A boneca que você mais gostava, um dia quebrou, não foi?!
Aquele jarro de flores que sua mãe amava, já era.
Aquele seu professor super gente fina da faculdade, morreu!
É assim que funciona. O fim é gradativo, só nos pega de surpresa quando estamos tão entretidos com a diversão que esquecemos do processo natural de saturamento.
Mas é isso! Só passei mesmo pra desabafar um pouquinho e limpar a poeira do blog, pra ele não ficar muito abandonado nas minhas férias. Outra hora explico melhor o porquê do desabafar, mas para quem interessar possa, estou bem, estou feliz. É só a melancolia e a nostalgia que fizeram dupla de ataque para me abater nesse sábado de chuva em Cabo Frio.
Dica do Dia: Aproveite tudo em benefício próprio. No final, é o que importa! Felicidade é individual e mais ninguém tem o poder de plantar essa sementinha dentro da gente.

4.7.10

Desafio

"Toda oportunidade tem um custo. Se aproveitada, torna-se um investimento. Se negligenciada pode tornar-se um debito irrecuperável"
Essa frase me foi passada em forma de desafio, para que pudesse a partir dela criar um post aqui no blog. Gente, bati cabeça... Pensei e repensei no que escrever para dar continuidade ao pensamento, mas acho que ficou tão claro e simplificado que não restou nada a ser dito.

É quase um complemento ao que venho falando de uns posts pra cá no blog, a cada chance pulando pela janela, uma escolha. A cada escolha, um caminho. A cada caminho, novos riscos. E mesmo que você deseje uma vida pacata, morna, livre de grandes desafios... Mesmo assim você terá feito uma escolha e terá que arcar com as consequências dela.

Mais uma vez, dica de amiga, escolha sempre o que sentir que te dará felicidade. Não se preocupe em excesso com a opinião pública, com protocolos (pois regras existem para orientar e não para robotizar). Pense que o mal só é mal quando é feito para prejudicar o próximo. Quando alguma ação só fere a nós mesmos, não é pecado, nem crime, é apenas o que alguns costumam chamar de aprender a viver.

E tente não perder muitas oportunidades boas na sua vida. Oportunidade de dizer que ama, de dar um abraço, de emanar coisa boa... Um mundo melhor é feito por pessoas que fazem seu mundo particular bom o suficiente pra dividir com os outros.

E vou aproveitar que achei isso que acabei de escrever quase poético pra parar por aqui, antes que eu estrague o clima intelectual que criei... rs

Veríssimo

"Você escolhe, até certo ponto, os amigos que quer ter e as pessoas com quem quer viver, mas não escolhe as pessoas mais importantes da sua vida. As pessoas que condicionam e determinam a sua existência e seus humores: seus pais e seus vizinhos"

Luiz Fernando Veríssimo

E acrescento, você também não escolhe quem vai trabalhar embarcado com você. rs
Por isso, cuidado ao escolher seus amigos e amores, porque já existem pessoas suficientes que você não tem o botão DELETE pra excluir de sua vida... E de todas elas, são pouquíssimas as que te servirão de escudo quando o mal te abater. A maioria sairá correndo para as colinas... rs

Assim também é o inverso, muitas pessoas também não têm opção e precisam conviver com você (e se pudessem, não estariam por perto). E você também há de ser o calo no pé de alguém, a pedra que alguém gostaria de jogar fora do sapato, a mosca na sopa de outrém...

Tenha isso em mente, valorize os que estima, mas respeite também os que não estima. Qualquer relação com respeito, por menos afinidade que role, será tolerável.

2.7.10

Pensamento do Dia

Não importa o quanto você seja bom em alguma coisa, haverá sempre alguém melhor que você e você sempre será fraco em alguma outra coisa.

Moral da história: Não se sinta a última coca-cola com gelo e limão no deserto nem o último trakinas mais mais de chocolate na creche, pois sempre haverá uma coca-cola com gelo, limão e mais gás que você no deserto e um trakinas mais mais de chocolate e morango na creche. Se não, ao menos haverá alguém que não gosta nem de coca-cola nem de biscoito recheado, que vai pouco se importar se você é único ou apenas mais um na multidão...
Segure a onda! Temos que saber nosso valor, mas é sempre melhor quando os elogios partem de outros, não de nós mesmos (afinal que a gente é f#da não é novidade pra ninguém... rs. Então não tem pra quê ficar repetindo isso o tempo todo, soa falso).
E como estou por demais metafórica hoje, vou terminar o post por aqui. Bom fim-de-semana para todos e nem falo nada da seleção mais porque ficar repetindo o que todo mundo já sabe é chato pra caramba!

Bjuxxxxx

Ah, quero dedicar este post pra uma leitora (ai, tô ficando chique, tenho leitoras agora... rs) muito fofa que me descobriu aqui e incrivelmente gostou, a Ludmilla Monfardini. Obrigada pelo carinho e torço para conseguir continuar escrevendo coisas que agradem pessoas gente fina como você. Beijo especial...

Seguidores