30.6.10

Como Perder a Grande Chance de Tua Vida

Deixando o orgulho falar por você. Quantas vezes nós colocamos a culpa na pobre da vergonha por deixarmos de fazer alguma coisa e sentirmos no ar aquela sensação de "Meu Deus do céu! Que cagada que eu fiz. Por que eu não falei aquilo? Por que eu não liguei? Por que eu não disse que me importava? Por que eu não fui? Por que eu não arrisquei?"
Vergonha sempre é a primeira opção. A justificativa é simples: "Ah, fiquei com vergonha. Me ferrei, mas sou tímido". Tímido nada! Normalmente, é orgulhoso mesmo. Mas timidez chega a ser poético, sentir vergonha é quase divino. tem um "quê" de castidade, sei lá! Talvez por isso, justificar as oportunidades desperdiçadas com vergonha e timidez seja tão "bem quisto". Já o orgulho é vilão. Orgulho é sinônimo de pedância, de arrogância, de teimosia. Aí não! Tímido tudo bem, mas teimoso já é demais...Enquanto isso, as oportunidades vão pulando pela janela. Será que seu aumento não saiu porque você teve vergonha de falar sobre ele com seu chefe ou porque lá no fundo você achava um abuso ter que "se curvar diante dele" e pedir uma coisa que ele já deveria estar careca de saber que você merece, que já deveria ser algo automático? Ou aquela menina linda que você chegou até a chamar pra sair, mas ela já tinha um outro encontro marcado. Por que não insistiu? Porque teve MEDO de levar outro toco, porque achou um ABSURDO ela dizer que não poderia e porque teve receios do que as pessoas poderiam comentar de você. Afinal, um cara que fica implorando por uma garota há de ser um banana. Será?!
Será que bananas realmente são os que levam o toco, os que dão a cara a tapa e apanham? Eu não tenho certeza, mas ao menos comigo, tem doído muito mais o orgulho, a vontade de ter feito e de fazer coisas que não consigo. Vontade de sacudir as pessoas para que elas parem de orgulho e falem pra mim o que sentem vontade de falar todos os dias e não conseguem... Enfim! Isso tem machucado muito mais do que poderia doer qualquer toco, qualquer tombo.
Costumo dizer que vou morrer sem saber o que quero ser da vida, mas nasci sabendo o que não quero ser e isso me basta. E eu não nasci pra ser campeã invicta. Quero sim sofrer e chorar, para aprender a valorizar bastante os sorrisos e a felicidade que graças a Deus consegui alcançar.

Pra encerrar, música do Los Hermanos - O Vencedor, que consegue passar bem o que estou sentindo hoje:

Olha lá quem vem do lado oposto
e vem sem gosto de viver
Olha lá que os bravos são escravos
sãos e salvos de sofrer
Olha lá quem acha que perder
é ser menor na vida
Olha lá quem sempre quer vitória
e perde a glória de chorar
Eu que já não quero mais ser um vencedor,
levo a vida devagar pra não faltar amor
Olha você e diz que não
vive a esconder o coração
Não faz isso, amigo
Já se sabe que você
só procura abrigo,
mas não deixa ninguém ver
Por que será ?
Eu que já não sou assim
muito de ganhar,
junto as mãos ao meu redor
Faço o melhor que sou capaz
só pra viver em paz.

27.6.10

O Tempo e A Calça Jeans

Acabo de perceber que não é só minha "anca" que não cabe mais no jeans de cinco, dez anos atrás. As idéias não encaixam mais, qualquer coisa que me faça lembrar de meus 14, 15 anos já não combina com o que penso e valorizo hoje em dia.
O gosto musical mudou, as roupas (não apenas pelo tamanho) mudaram, a idéia de felicidade, o jeito de falar, as idéias a defender... Hoje me senti com busto de ferro para encarar de frente os obstáculos às minhas idéias, meus conceitos de certo e errado. Descobri que não pretendo mudar a opinião de ninguém, apenas que respeitem a minha.
Descobri que importa muito pouco o que a maioria vai pensar do que eu vou falar, de como vou agir. Importante mesmo é que o faça de coração. Aliás, ser genuína é fator principal, nada faz sentido se não for feito com sinceridade. Descobri que a rispidez nem sempre é a melhor arma e que nem toda vitória vale a batalha.
E neste exato momento, decidi abrir as portas do armário e me livrar dos jeans que não cabem e nunca mais caberão. Vou soltar a barriga, renovar o guarda-roupa (de acordo com o possível, claro! rs), abrir espaço pra novidades. E não sei porquê, mas a mesma vontade bateu para liberar o armário das idéias, dos objetivos e das convicções antigas, que já não têm mais uso nem serventia. Abrirei assim espaço para o momento, para as músicas, as roupas e os ideais de agora.
O ontem sempre ganha uma nostalgia poética quando narrado de hoje, de amanhã. Mas na maioria das vezes, se não tivesse sido "ontem", nada teria de poético.

23.6.10

Cotidiano

Todo dia ela faz
Tudo sempre igual
Me sacode às seis horas da manhã
Me sorri um sorriso pontual
E me beija com a boca de hortelã...

Todo dia ela diz
Que é pr'eu me cuidar
E essas coisas que diz
Toda mulher
Diz que está me esperando
Pr'o jantar
E me beija com a boca de café...

Todo dia eu só penso
Em poder parar
Meio-dia eu só penso
Em dizer não
Depois penso na vida
Prá levar
E me calo com a boca de feijão...

Seis da tarde
Como era de se esperar
Ela pega e me espera no portão
Diz que está muito louca
Prá beijar
E me beija com a boca de paixão...

Toda noite ela diz
Pr'eu não me afastar
Meia-noite ela jura eterno amor
E me aperta pr'eu quase sufocar
E me morde com a boca de pavor...

Cotidiano

Chico Buarque de Holanda

22.6.10

Saudade

Palavra que só existe em nosso idioma, sentimento que existe em todos os lugares...
Onde há sentimento, há saudade!
Eu sinto saudade de tudo que eu quero bem, de todos que amo, que gosto, que me importam.
E é bom pensar que daqui algumas horinhas estarei matando toda a saudade de duas das pessoas mais importantes de minha vida. Só de pensar já estou com frio na barriga.
E acho que esse é o lado bom da saudade, ela faz com que as coisas não esfriem, que a gente não canse e não desgaste dos que queremos bem. Saudade é tempero e amor é o prato principal.
Daqui a pouco chego aí. Saudade é McGiver, a gente mata e ela nasce de novo depois, mas isso que é bacana! rs

20.6.10

Minha Vida

Respondendo à TAG da fofíssima da Vanessa Monique lá no blog lindo de morrer dela, tentar colocar aqui a foto e a trilha sonora de minha vida...
Olha, confesso que nem foi difícil. A música, quem me conhece bastante sabe que é a mesma há anos e anos... The Way You Look Tonight, cantada pelo Rod Stewart. Apaixonante, incrível, pefeita!
Agora a foto... Complicou um pouquinho somente para escolher, pois aqui no trabalho não tenho muitas das fotos que gostaria e tals. Mas percebi que o importante mesmo não é a foto em si, mas o que ela significa. Sem mais, vamos à ela:


Por que essa foto, você pensa. Pela minha mãe, claro! Ela é a pessoa, o amor de minha vida. Tudo por ela é pouco e a imagem dela (não apenas o físico, lógico) é o que me inspira e motiva, dia após dia. Sem essa mulher extraordinária me puxando pra cima, me incentivando em qualquer decisão, sendo minha lanterna por qualquer caminho, por mais torto que seja, eu seria o quê? Nem sei!

Bem, agradeço de novo à Vanessa pela TAG e mando agora pro Léo, que me deu maior força pra mergulhar de cabeça na onda blogueira... Vamos ver se ele responde, porque o blog dele está abandonadinho... rs

Léo na Finlândia

Desejo a todos uma ótima semana, pra mim será apertada, certamente! Mas pelo menos conseguirei dar uma volta em terra firme e rever as pessoas que mais me importam na vida. Respirar poluição é muito bom... rs

Dica da semana: Não deixe passar a oportunidade de dizer aos teus pais (e irmãos se os tiver) o quanto eles são importantes pra você. Só quando a gente quer estar com eles e não pode é que nos damos conta disso. Não espere isso acontecer com você. Eles são as pessoas de sua vida, com certeza.

Qualquer Semelhança com a Realidade...

É mera coincidência (ou não)!
Chego aqui hoje, na madruga, cansadona por ter acordado cedo pra curtir o churrasco da galera aqui no trabalho (é complicado pra quem não me conhece direito, mas por uma semana eu começo a trabalhar meia-noite e vou até meio-dia), eis que surge a minha amiga X (não vou revelar porque lá no meu orkut tem o link do blog e nós temos 67 amigos em comum), p... da vida, com o subnick :@:@:@ (bonequinho vermelho de raiva)...
Claro, como boa amiga que sou, fui delicadamente assuntar:

Eu: Ô, pohaaa! Que foi agora, hein?!
Ela: Ai amiga, você não acredita o que fulano me fez passar hoje!
Eu: Ih, lá vem! Fulano e você não acredita na mesma frase, é bomba!
Pra vocês que não sabem, fulano é um problema mal resolvido na vida dessa amiga, um fio solto que ela ainda não conseguiu cortar, e que quanto mais ela puxa, mais comprido fica (hum! rs)
Ela: Pois é amiga, ele me chamou pra sair hoje, disse que queria me ver e que a gente precisava conversar...
Eu: Ele te chamou pra ser madrinha do casamento dele? kkkkkkkkkkkkkkkkk
Eu sei, sou meio amiga capeta, mas não podia perder a piada porque o cara tá noivo!
Ela: Cala a boca, Cintia... Deixa eu falar! Fui cheia de esperança no coração... Ele me buscou todo carinhoso, me tratando como um anjo. A gente ficou bebendo e tal, até que entramos no assunto ele e eu
Eu: Resume logo que isso aí já é normal de acontecer, já ouvi essa história 200 vezes
Ela: Então, teve uma hora que ele disse que gostava muito de mim e que gostaria de tentar comigo, mas eu nunca me abri com ele, nunca disse o que queria realmente. Ele nunca teve certeza se eu gostava dele mesmo ou não, por isso que nunca me levou a sério
Eu: Paaaaai, vc caiu?
Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Quando não é com a gente, conseguimos sentir o golpe se aproximando, mas na hora lá, no calor do momento, sei como é!
Ela: Pois é. Abri meu coração, amiga! Contei tudo... Disse que sonhava com ele todas as noites, que tudo que eu sempre quis ouvir é que ele queria ficar comigo de verdade e que ele tb gostava de mim. Me enchi de esperança, o olho chega encheu de água. Pensei logo que era meu dia de sorte...
Eu: Putaquilpareouw, vc não fez isso! pior é q eu sei que deu merda por conta dos bonequinhos de ódio. O que o ser humano fez?
Ela: Disse Que lindo, fulana! É uma pena que você não tenha dito isto quando a gente ainda podia tentar ficar junto, agora não tem como rolar mais... Eu tô noivo, né?!
Eu: ahuahauahauahauahauahauahauahauahuaahuaa, mais uma vez, vc sephodew!!!! Bem-vinda ao clube...
Ela: VTNC, Cintia... Vc não tá ajudando!

É, amigos... A vida não é uma novela do Manoel Carlos. É tão lindo quando a paixão louca toma conta dos seres humanos fictícios e o felizes pra sempre se materializa. Pena que na real a vida seja beeeeeem diferente. O bagaça falou pra ela que era melhor depois disso eles ficarem um tempo sem contato pra não confundirem as coisas... Pois é, você está pensando o mesmo que eu e que ela agora né?! Se não faria diferença o que ela sente por ele, pra quê, meu Deus, PRA QUÊ ele fez a menina se expor, abrir o coração? Alimentar o ego? Dúvidas? Insegurança? Covardia?
Sei lá, só sei que homem é muito esquisito mesmo. Nem tento mais entender. E por via das dúvidas, tranquei meus sentimentos, como as milionárias fazem com as jóias, e só os retiro do cofre nos momentos certos, pra não sofrer (Porque amiga de c# é r#la. Garota que só aparece quando a namorada não está por perto é o c#ralho. Nabunada nao vai dinha né?! Me poupe! - Momento desabafo aqui... rs). Amor às vezes é como remédio, se não for na dosagem certa, ou não vai fazer efeito, ou vai dar overdose.

Não Esquenta...

Não importa teu caráter, teu jeito, tua personalidade... Sempre, eu digo SEMPRE haverá algum ser pra te interpretar errado, pra te julgar e te apontar. Continue agindo conforme suas convicções, pois se der alguma M..., pelo menos será por culpa tua.
Vão te chamar de mosca morta se você for quieta,
Vão te chamar de metida se você for tímida,
Vão te chamar de escandalosa se você for extrovertida,
Vão te chamar de oferecida se for simpática e mais,
Vão certamente dizer que você é narcisista e egocêntrica se você tiver auto-estima alta.
Continue se admirando e siga em frente. Nós somos energia, e nossa antena é receptora e emissora (papo de radio operadora... rs). Portanto, envie mau-humor e o receberá, envie loucura e a receberá, envie amor e você estará fazendo um mundo melhor, de fato!
Cada um tem o direito de escolher como agir, mas temos a obrigação de agir em favor do bem, da prosperidade. Tente adotar, como meta diária, ganhar pelo menos um sorriso sincero de alguém, seja quem for. Garanto que terás menos tempo para atentar à vida dos outros e mais tempo para cultivar a tua!

16.6.10

Tenho Pena

Tenho pena de...
Homem que confunde auto-estima alta com feminismo
Homem que acha que sabe de tudo
Homem que acha que mulher não sabe de nada
Homem que pensa que engana mulher
Homem que pensa que pode ofender uma mulher por mais de 5 minutos
Homem que pensa que pode ofender uma mulher de auto-estima alta
Homem que tenta diminuir a mulher que escolhe ficar ao seu lado porque ela é mais bem sucedida que ele
Homem que foge de ter um relacionamento com uma mulher porque ela é mais bem sucedida que ele
Homem que mente
Homem que grita
Homem que faz fofoca
Homem que joga piadinha
Homem que se faz de amigo
Homem que se acovarda com uma mulher independente
Homem que tenta te derrubar só porque você o fez enxergar que ele não é o último trakinas de chocolate no recreio da creche
Homem que não entende que não adianta, a gente é mulher, a gente é diferente (e é por isso que somos tão atraentes pra vocês)
Homem que não se assume
Homem que usa "a onda feminista" a seu favor, apenas quando conveniente. Exemplo? Vamos dividir a conta, mas eu não vou deixar você usar essa saia curtinha pra ir jantar comigo... Ninguém merece!

E comecei o dia (ou a noite, como preferir) com esse ódio no coração porque estava vendo os comentários nos posts da Roberta do HTP (Homem é Tudo Palhaço) e me espantei com a estupidez de alguns "machos de plantão".
Vou deixar aqui o link dos blogs e recomendo que vocês façam uma visita, vale boas risadas e aguça nossa certeza de que não podemos nos enganar com os "seres de pingulim"... Devemos então tentar achar um meio-termo, já que não conseguimos viver sem os mesmos (estou me referindo aos seres nesse caso... rs).

O Mundo é Estranho e Homem é Tudo Palhaço

As meninas do HTP lançaram o livro de mesmo nome do blog há poucos dias... Eu não consegui ler ainda, mas pelo blog, já recomendo.

15.6.10

Vamos Debochar?!

Hoje um post "mau-exemplo". Sei que não é divino, mas acordei com esse sentimento de me vingar de todas as pessoas que já me fizeram passar por algumas "bads". E te convido ao ato nada nobre de debochar desses seres humanos (?). Vamos lembrar das pessoas que passaram por nossas vidas, nos subestimando, subjulgando, desdenhando e desmerecendo, duvidando de nosso sucesso, de nossa capacidade, de nosso valor.
Então, vamos ao momento "lero-lero, você não me pega". Eu dedico este momento a algumas pessoas:



1) Aos meninos da minha turma até a 4a série, que só sabiam me chamar de quatro-olhos, gordinha e branca azeda.
Agora, NÃO preciso mais de óculos, NÃO sou gordinha e a minha pele continua branca SIM, mas por opção (acho lindo!!!).



2) A um certo parente que disse que a educação de minha mãe divorciada não seria boa o suficiente, que eu seria uma fracassada desviada (de moral duvidosa, pra evitar o Português claro).
Agora, tem uns diplomas e meu contra-cheque pra você, se quiser COMÊ-LOS... rs E quanto à moral duvidosa, bem... não vou pagar de santinha (mesmo porque não preciso), mas não danço em nenhum grupo de mulheres funkeiras, nem de forró, não trabalho na Vila Mimosa, entre "otras cositas más"... Enfim, sorry tio! Te decepcionei... rs



3) A uma professora do ensino médio, que por conta de meu jeito agitadinho de ser, disse que nem pra lixeira eu serviria, pois ninguém ia suportar ter uma funcionária como eu no quadro de funcionários. Estressada, hiperativa e abusadinha, foi de que ela me chamou.
Oiiii gatinha, adivinha só: Estou numa multinacional... Isso aí, tia! E no meu primeiro ano de casa, já recebi um aumento de 20% no salário base. Fala pra mim, acho que eles não estão fazendo isso por caridade. hehehehehehehehehehehehehehe


4) Para uma colega do curso de Inglês que me chamou de metida arrogante, só porque eu conseguia entender o que o professor falava nas aulas. Ela desejou (e falou entre os outros colegas de sala) que eu reprovasse só pra não precisar olhar mais na minha cara.
O castigo dessa veio rápido. Naquele mesmo período ELA reprovou, e reprovou de novo, até desistir do curso (sem o diploma). Eu continuei atenta às aulas e tals, CDF mesmo (eu gostava de Inglês, fazer o quê?), concluí meu curso com média geral nos 8 anos de 97,4 (uhul, nunca mais acontece... enfim!) e já fui até professora de Inglês. Sorry, baby! Não deu pra você.



5) Pra um menino que eu cismei que gostava desde os 15 anos. Ele falava que eu era muito doidinha, que não servia pra ele, que namorada pra ele tinha que ficar quietinha dentro de casa e tals...
Aff, desse nem tenho muito o que falar. Tá gordo, mal-amado e fracassado (detalhe pra isso porque ele se sentia muito e dizia que as meninas se interessavam por ele porque ele tinha bom emprego e um carro. Agora, nem carro mais o pobre tem). Bjumeliga pra você! Aliás, liga não porque eu te passei o número errado tempos atrás quando você pediu. Mas fica feliz aí com sua namorada bolinho (é, ela engordou!).


6) Para um amigo que eu considerava pra caramba e que hoje em dia quase não fala comigo por conta do ciúme da namorada dele (porque a gente já não se bicava desde muito antes deles namorarem).
Você não é um bom amigo e quando ela te chutar pra ficar com um dos meninos com quem te chifra, você vai lembrar que desprezou não somente a mim, mas aos outros que te querem bem. Aí você vai ver que se isolou e está sozinho por opção própria, mas que a vida dos que você ignorou segue muito bem obrigada, mesmo sem contato contigo.


7) A ex do meu namorado (que era a namorada do meu ex até pouco tempo atrás). Subestimou meu sentimento por ele, o dele por mim, fez a banca de SOU A ÚLTIMA COCA-COLA COM GELO E LIMÃO DO DESERTO e se ferrou.
Graças ao empurrãozinho dela, a gente voltou com a corda toda e estamos muito bem, obrigada! Ela achou mesmo que a marra poderia ser do tamanho da rótula do joelho dela? Fala sério... Perdeu, playboy! rs


8) Para todos os fofoqueiros do mundo inteiro, inclusive os que se preocupam em demasia com o que eu estou fazendo de minha vida. Onde estou, com quem, fazendo o quê?!
Enquanto vocês estão aí, tentando me rastrear, eu estou vivendo. Viajando, namorando, trabalhando, conhecendo gente diferente, reecontrando gente das antigas, comprando coisas, juntando dinheiro, gastando dinheiro, sorrindo, chorando... Enfim, estou fazendo coisas, enquanto vocês estão apenas tentando acompanhá-las ao longe, pra criticar. Se a vida fosse uma televisão, eu estaria dentro dela, atuando. E não sentada no sofá, olhando os outros fazerem coisas que eu gostaria de estar fazendo, mas não tenho disposição para tal.


9) Para alguns chefes aqui do trabalho, que maltratam o pessoal, agindo com arrogância o tempo todo, judiando da humildade e abusando da hierarquia empresarial.
Um dia vocês verão a justiça divina atuando, fato! É por isso que o mundo é redondo, para girar e colocar todas as coisas em todos os lugares. Você passa por tudo na vida, principalmente para saber como é e aprender com a dificuldade a valorizar o conforto. Mas se te tornas arrogante no conforto, ele é tirado de ti, certamente. Só aguardar e eu vou rir muito de suas caras, sério!


10) Para encerrar meu TOP 10, não poderia esquecer de falar de todos aqueles que tiveram a grande oportunidade de conhecer uma menina bacana, inteligente, simpática, bem-sucedida, com a auto-estima lá em cima, alto-astral, companheira (blá-blá-blá, momento narcisista)... E simplesmente resolveram rotular, julgar, IGNORAR (o que mais me faz sofrer, confesso).
É graças a vocês que estou exatamente aonde deveria estar, perto das pessoas que deveria estar e fazendo o que deveria fazer. Vocês me ajudaram a ser melhor por dentro e por fora, e por isso hoje sou muito mais feliz.


Ei, calma aí! Aonde você vai? Não, também não precisa apelar... Ó, cuidado aí, acho que tem alguém querendo se jogar pela janela... ahuahauahauahauahauahauaahauahuahauahauahauaaa

14.6.10

FINITO

É a expressão usada por gringos e brasileiros aqui no trabalho pra dizer que completamos uma tarefa.
E não tem nada que me faça sentir melhor aqui do que completar uma tarefa, ainda mais se for daquelas beeeeem difíceis...
Adoro me sentir útil, me sentir eficiente, sentir que vale a pena para a empresa pagar meu salário.
Mais um dia daqueles, mais um monte de tarefas difíceis terminadas, mais um dia que completo com FINITO. Adoooooooooooro!

12.6.10

O Sol, A Lua e As Estrelas... rs



Por mais parruda e cinzenta que seja uma nuvem no céu, ela passa! Toda nuvem passa. Pode trazer trovões, tempestades, relâmpagos e granizo, mas passa!
O que ficam são as estrelas, o Sol, a Lua...
Assim são as pessoas. Seus amigos são as estrelas. Umas mais distantes, outras mais brilhantes, umas mais aglomeradas... Assim são nossos amigos em nossa vida.
O Sol pode ser nossa família, as pessoas que cuidaram da gente e que nos amaram antes mesmo de nascermos. Aqueles que nos acompanham, nos iluminam e aquecem para que não congelemos (principalmente no que diz respeito ao coração).
A Lua, tão inspiradora, só pode ser o amor, a paixão... Aquilo que ilumina teu céu, tua vida. Te deixa com vontade de cantar uma bela canção (momento Joseph Climber... rs)
As nuvens são os contratempos, as pessoas malas, maldosas, negativas. Que como disse antes, por piores que possam parecer, passam!
E o tempo? O tempo é vento, que afasta as nuvens para que apreciemos o céu maravilhoso que temos, porque o que não vale a pena, simplesmente passa.

10.6.10

Ah, Os Meus Olhos Azuis...

É como eu costumo brincar sobre a forma de conseguir algumas coisas aqui no trabalho. Como vocês já devem saber, trabalho em um ambiente totalmente masculino. Fiz até um cálculo aqui (que pode ser falho, pois sou péssima nisso) de mais ou menos 25 homens para cada mulher (e somos apenas 5).
Mas o ambiente não é masculino apenas aqui na plataforma. Aeroporto, terminal de cargas, apoio aéreo, marítimo, atendimento geral... Enfim! Em tudo predominam os "machinhos" (eu costumo até brincar que todas as mulheres solteiras que reclamam de falta de homem deveriam passear mais por Macaé, onde aparentemente todos eles se concentram rs), e a gente, como minoria, precisa se encher de atenção a certos detalhes...
O primeiro é a postura. E que coisa difícil de ajustar... Se você sorri demais, tá dando mole e é periguete. Se sorri de menos, é metida e vão fazer de tudo pra puxar teu tapete. Se você conversa muito, é fácil. Se não conversa, é bicho do mato. Se conversa muito com um homem, tem amizade mesmo, tá dormindo com ele. Se conversa muito com uma mulher, tá dormindo com ela! Complicadíssimo...
Para achar o meio-termo aqui, a gente precisa de muita serenidade (mais até do que eu possa ter imaginado que teria), sangue frio e paciência (essa aí eu ecomendei, mas ainda não entregaram... rs). Com o tempo, a gente consegue filtrar quem se aproxima da gente pelo que a gente é - mulher ou pelo que a gente é de verdade. E incrivelmente aprende a lidar com todos os tipos de gente. Dos mais iluminados até os espíritos de porco, dos que vivem suas próprias vidas aos que preferem dedicar seu tempo criando enredos para a vida dos outros. Aqui eu só fico chateada de verdade quando esses enredos acabam por me obrigar a afastar de pessoas que me consideram e que eu considero.
Passamos mais tempo aqui que em casa, com nossas famílias de verdade, com quem mais amamos. A ordem natural das coisas é criar vínculos e formar aqui uma segunda família, para que os dias longe dos nossos sejam menos dolorosos. Mas sempre tem um do contra pra estragar a harmonia. Cabe aos bons se unirem contra as forças do mal em boa energia e troca de coisas positivas. Isso nos faz fortes e capazes de enfrentar a mentira e a maldade, sem sequer um arranhão.
Mas, quando comecei o post não estava com essa intenção. Queria dizer que as mulheres só não vão dominar o mundo porque elas matam umas às outras todas antes disso... rs
Digo isso porque se a mulher tem "jogo de cintura", ela consegue qualquer coisa de um homem, isso é fato! Até eu que não sou nada sensual, muito pelo contrário, sou mais moleca que qualquer outra coisa, mesmo assim ainda consigo ter vantagem só por ser menina. Exemplo? Se preciso de algum favor via telefone, se o rapaz que trabalha comigo liga para pedir, o tratamento é COMPLETAMENTE diferente (mesmo ele sendo muito mais educado que eu). E para vocês verem, não é por causa de decote, de morder os lábios ou qualquer coisa estilo filme de Hollywood, para "seduzir" os caras a quem preciso pedir favores, pois só falo com eles por telefone mesmo. É só por ser educada mesmo (Ah, mas isso meu back também é). Então, será por quê? Por conta de meus olhos azuis (detalhe, é só ironia! Tenho olhos castanhos).
Sempre falo que consigo as coisas aqui por conta dos meus olhos azuis pra ironizar mesmo. Muitos dizem que temos vantagem por sermos mulheres, e que os homens dão mais crédito por isso, assim fazemos o que queremos. Pode até ser verdade que o fato de sermos mulheres nos facilite um pouco, pois os caras ficam mais sem jeito de nos dar um fora, de falar com rispidez. Mas se não fizermos nosso trabalho com o dobro do cuidado e dedicação, se dermos um mole qualquer, a primeira coisa que falam é "Tinha que ser mulher". Somos muito mais cobradas e criticadas também.
Temos é que pensar independente de sexo (neste caso, masculino e feminino, não o ato em si) em fazer nosso trabalho da melhor forma e nos superarmos a cada dia. Mais do que para provar para os outros que somos capazes, para mostrar a nós mesmos... De cada dificuldade, uma nova lição! Independente se temos olhos azuis ou não, no final de tudo seremos reconhecidos pelo nosso esforço e nosso profissionalismo. Chega uma hora que os "espíritos de porco" perdem o crédito, e é exatamente quando você mostra que é capaz não apenas de fazer seu trabalho, mas também de superar as dificuldades e manter sua serenidade.
Minha dica para quem passe por dificuldades quanto ao julgamento dos outros é: Mantenha sua personalidade, insista em acreditar em você mesmo e não se deixe modificar por conta de julgamentos alheios. Muitas pessoas vêem na felicidade própria a infelicidade do próximo. Não dê esse prazer a eles! Continue sendo da forma exata que você gosta de ser. Um dia, ou eles se acostumam ou cansam de te julgar...

"Tudo que é preciso para o triunfo do mal é que os homens de bem nada façam"

Edmund Burke

9.6.10

Fica a Dica

Ainda na correria, entre a falta de tempo e de inspiração... Resolvi seguir conselho de alguns blogueiros amigos, postar um texto que acho muitíssimo interessante, em homenagem às minhas amigas (principalmente às solteiras)... Espero que gostem!

Dar Não é Fazer Amor

Dar é dar.
Fazer amor é lindo,
é sublime,
é encantador,
é esplêndido,
mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa
que alguém te puxa os cabelos da nuca,
te chama de nomes que eu não escreveria,
não te vira com delicadeza,
não sente vergonha de ritmos animais
.
Dar é bom
.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar,
sem querer apresentar pra mãe,
sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque
o cara te esquenta a coluna vertebral,
te amolece o gingado, te molha o instinto.
Dar porque a vida de uma publicitária em começo de carreira
é estressante, e dar relaxa.
Dar porque
se você não der para ele hoje,
vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Dar sem esperar ouvir promessas,
sem esperar ouvir carinhos,
sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.

Durante um mês.
Para as mais desavisadas, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazia.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.

É não ganhar uma mão no ombro
quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar,
para apresentar pra mãe,
pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
“Que cê acha amor?”.
Dar é inevitável,
dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda,
muito mais do que qualquer coisa,
uma chance ao amor, esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa,
cura o mau humor,
ameniza todas as crises e faz você flutuar
o suficiente pra nem perceber as catarradas na rua.
Se você for chata, suas amigas perdoam.
Se você for brava, suas amigas perdoam.
Até se você for magra, as suas amigas perdoam.
Mas… experimente ser amada.

Luis Fernando Verissimo

5.6.10

E Como Funciona a Máquina?

Se a máquina sou eu, de sentimentos...

É bom de vez em quando ficar triste, pra saber o quanto vale um sorriso.
É bom de vez em quando sentir saudade, pra saber o quanto é bom estar perto.
É bom de vez em quando ter pesadelo, pra saber como é gostoso acordar depois de um sonho bom.
E é bom demais manter acesa a sensação de que amanhã vai ser ainda melhor que hoje, pois vai ser mesmo!

A gente apronta, a gente apanha, a gente cresce!

o melhor de tudo é que Só o que é bom dura tempo bastante pra se tornar inesquecível, como já dizia a letra da música.

O que se leva da vida? É a vida que se leva! Três pessoas somente hoje me disseram essa frase. Algumas pessoas pregam mais do que executam, eu deixo rolar! Sem desespero pra fazer meu futuro planejado, sem preguiça de correr atrás do que quero. Quando a gente faz planos demais, corre muito mais risco de se frustrar caso 1% não ocorra como planejado. Quando a gente simplesmente não faz plano algum, fica vagando e acaba não percebendo as oportunidades escorrendo pelos dedos...

Conselho amigo, faça planos de sucesso e o deseje com todo seu pensamento positivo, mas esteja preparado para a falha (pois é exatamente disso que é feito o ser humano). Tenha um plano B, C, D... E se nada der certo, chore por 5 minutos e arrume outra coisa pra te distrair. É disso que a vida é feita, começos e recomeços (o final só cabe ao Cara lá do alto).

Sua felicidade está dentro de ti, nasceu com você. Às vezes ela dorme, cabe a ti saber como despertá-la. Uma música boa, um amigo de infância, um novo amigo, um chocolate, um beijo... Sei lá! Depende do momento, depende de você.

3.6.10

Acabou o Milho, Acabou a Pipoca

Então, tenho andado meio sumida. A correria e o branco criativo se mantém, não me ajudam em nada e por isso o blog já ficou abandonado!
Mas estou passando rápido, pra limpar a poeira e pra deixar um recadinho especial. Sabe aqueles momentos que você sente o movimento de rotação na sua vida? Tipo que TODAS as coisas, todas elas, mudam? Que tudo muda de lugar? Você sabe então como estou me sentindo. Naquele brinquedo SAMBA dos parquinhos de diversão, conhece? Me segurando nos ferros pra não ser levada junto com as "peças soltas" que estão todas aos poucos desaparecendo...
Quando a gente se acostuma com algumas coisas, fica meio avesso à novidades. Mas uma citação de Bob Marley me fez pensar sobre isso. Olha só:

"Os ventos que às vezes nos tiram algo que amamos, são os mesmos que nos trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado. Pois tudo que é verdadeiramente nosso, nunca se vai para sempre"

E é bem assim mesmo, lamentar sobre o leite derramado não emenda o jarro. O negócio é caminhar adiante e torcer para que tudo dê certo. Nossos braços são pequenos demais para a ambição de abraçar o mundo. Temos que abrir espaço pra novidades. E se o rei já falava, quem sou eu pra discordar? O que tiver que ser nosso, voltará naturalmente (eu que o diga!).
Os amigos antigos vão ficar mais distantes com a mudança, mas não quer dizer que serão menos queridos... Os que tiverem menos consideração por mim (ou o contrário) por conta de distância, é porque na verdade não eram tãaaao importantes assim...

O texto ficou melancólico, mas o momento apesar de tenso é de alegria! As mudanças são boas, a vida segue seu rumo e a água continua correndo rumo ao mar. Vou sentir falta , muita falta de algumas pessoas (que não nomearei pra não ser injusta), mas a distância às vezes serve pra gente enxergar o quanto algumas pessoas são importantes pra gente, como estar perto nos faz bem. Acabou de acontecer com meu namoro, né?! Que por sinal, está beeeeeeeem mais legal que antes da distância, mas como já disse, só falo de amizade aqui!
Vou aproveitar que não consegui pensar em nenhum final tocante pro post pra agradecer o carinho dos meus ex alunos Carol, Sacha e Gabi, que foram me visitar na última folga. É por conta desse carinho que a gente desperta onde menos espera é que a vida vale a pena, que a gente não se sente inútil.
Amo muito vocês.


É foto de MPtudo, mas tá valendo... da esquerda pra direita, Sacha, eu, Gabi e Carol...

Seguidores