10.6.10

Ah, Os Meus Olhos Azuis...

É como eu costumo brincar sobre a forma de conseguir algumas coisas aqui no trabalho. Como vocês já devem saber, trabalho em um ambiente totalmente masculino. Fiz até um cálculo aqui (que pode ser falho, pois sou péssima nisso) de mais ou menos 25 homens para cada mulher (e somos apenas 5).
Mas o ambiente não é masculino apenas aqui na plataforma. Aeroporto, terminal de cargas, apoio aéreo, marítimo, atendimento geral... Enfim! Em tudo predominam os "machinhos" (eu costumo até brincar que todas as mulheres solteiras que reclamam de falta de homem deveriam passear mais por Macaé, onde aparentemente todos eles se concentram rs), e a gente, como minoria, precisa se encher de atenção a certos detalhes...
O primeiro é a postura. E que coisa difícil de ajustar... Se você sorri demais, tá dando mole e é periguete. Se sorri de menos, é metida e vão fazer de tudo pra puxar teu tapete. Se você conversa muito, é fácil. Se não conversa, é bicho do mato. Se conversa muito com um homem, tem amizade mesmo, tá dormindo com ele. Se conversa muito com uma mulher, tá dormindo com ela! Complicadíssimo...
Para achar o meio-termo aqui, a gente precisa de muita serenidade (mais até do que eu possa ter imaginado que teria), sangue frio e paciência (essa aí eu ecomendei, mas ainda não entregaram... rs). Com o tempo, a gente consegue filtrar quem se aproxima da gente pelo que a gente é - mulher ou pelo que a gente é de verdade. E incrivelmente aprende a lidar com todos os tipos de gente. Dos mais iluminados até os espíritos de porco, dos que vivem suas próprias vidas aos que preferem dedicar seu tempo criando enredos para a vida dos outros. Aqui eu só fico chateada de verdade quando esses enredos acabam por me obrigar a afastar de pessoas que me consideram e que eu considero.
Passamos mais tempo aqui que em casa, com nossas famílias de verdade, com quem mais amamos. A ordem natural das coisas é criar vínculos e formar aqui uma segunda família, para que os dias longe dos nossos sejam menos dolorosos. Mas sempre tem um do contra pra estragar a harmonia. Cabe aos bons se unirem contra as forças do mal em boa energia e troca de coisas positivas. Isso nos faz fortes e capazes de enfrentar a mentira e a maldade, sem sequer um arranhão.
Mas, quando comecei o post não estava com essa intenção. Queria dizer que as mulheres só não vão dominar o mundo porque elas matam umas às outras todas antes disso... rs
Digo isso porque se a mulher tem "jogo de cintura", ela consegue qualquer coisa de um homem, isso é fato! Até eu que não sou nada sensual, muito pelo contrário, sou mais moleca que qualquer outra coisa, mesmo assim ainda consigo ter vantagem só por ser menina. Exemplo? Se preciso de algum favor via telefone, se o rapaz que trabalha comigo liga para pedir, o tratamento é COMPLETAMENTE diferente (mesmo ele sendo muito mais educado que eu). E para vocês verem, não é por causa de decote, de morder os lábios ou qualquer coisa estilo filme de Hollywood, para "seduzir" os caras a quem preciso pedir favores, pois só falo com eles por telefone mesmo. É só por ser educada mesmo (Ah, mas isso meu back também é). Então, será por quê? Por conta de meus olhos azuis (detalhe, é só ironia! Tenho olhos castanhos).
Sempre falo que consigo as coisas aqui por conta dos meus olhos azuis pra ironizar mesmo. Muitos dizem que temos vantagem por sermos mulheres, e que os homens dão mais crédito por isso, assim fazemos o que queremos. Pode até ser verdade que o fato de sermos mulheres nos facilite um pouco, pois os caras ficam mais sem jeito de nos dar um fora, de falar com rispidez. Mas se não fizermos nosso trabalho com o dobro do cuidado e dedicação, se dermos um mole qualquer, a primeira coisa que falam é "Tinha que ser mulher". Somos muito mais cobradas e criticadas também.
Temos é que pensar independente de sexo (neste caso, masculino e feminino, não o ato em si) em fazer nosso trabalho da melhor forma e nos superarmos a cada dia. Mais do que para provar para os outros que somos capazes, para mostrar a nós mesmos... De cada dificuldade, uma nova lição! Independente se temos olhos azuis ou não, no final de tudo seremos reconhecidos pelo nosso esforço e nosso profissionalismo. Chega uma hora que os "espíritos de porco" perdem o crédito, e é exatamente quando você mostra que é capaz não apenas de fazer seu trabalho, mas também de superar as dificuldades e manter sua serenidade.
Minha dica para quem passe por dificuldades quanto ao julgamento dos outros é: Mantenha sua personalidade, insista em acreditar em você mesmo e não se deixe modificar por conta de julgamentos alheios. Muitas pessoas vêem na felicidade própria a infelicidade do próximo. Não dê esse prazer a eles! Continue sendo da forma exata que você gosta de ser. Um dia, ou eles se acostumam ou cansam de te julgar...

"Tudo que é preciso para o triunfo do mal é que os homens de bem nada façam"

Edmund Burke

Um comentário:

  1. Que complicado hein?
    Deve ser mt difícil viver num local q predomina fortemente o sexo oposto,assim como tb é complicadíssimo viver onde vivam muitas mulheres.
    Eu fazia psicologia e eram 35 mulheres e4 homens,era uma confusão,morria de pena deles.Todo dia era um bafão an sala os coitados até saiam...aushauhush
    tem q ter equilíbrio em tudo.
    Hj tem selinho lá no blog,se quiser pegar...
    :*

    ResponderExcluir

Amiiiiiiigo, hein?! Pega leve aí... rs

Seguidores