11.10.10

Ontem Desisti de Você

Na verdade, ontem é apenas metáfora, mas eu desisti de você de verdade, finalmente! E nem adianta usar essa boca desenhada, esses dentes alinhados, essa mão pesada pra me convencer que ainda não é chegada a hora de seguir meu rumo.
Eu já estou seguindo meu rumo faz tempo, e olha a novidade, ele me leva pra longe de você. Longe da sua ignorância, da sua incerteza, das suas neuras e de suas broncas. Estou navegando em um mar sem correntezas agora, passando por caminhos onde eu decido passar, sem a influência de tuas palavras duras.
Não, querido! Não chore nem lastime, pois é sabido de longe que isso iria acontecer. Te avisei por vezes e vezes que fosse forte em decisão, não apenas em palavra, que cultivasse a árvore para que não lhe faltasse o fruto. Pois bem, você me ignorou e agora precisa também ignorar a tristeza que eu sei que terás em saber que não mais me arriscarei por migalhas de teu prazer.
Chega, não há porquê de tanta explicação. Sabíamos os dois que nossa paixão era chama de vela, que mesmo sobrevivendo aos ventos que sopravam em torno (com intenção ou não de apagá-la), uma hora se apagaria inevitalvemente pelo fim da parafina. Acho que ela chegou ao fim então, pois não é por causa de uma ou outra coisa que minha vontade de te ver não mais existe, é simplesmente porque não tenho mais paciência para todo esse joguinho, trabalhoso e fadonho, que no final não tem mais a recompensa no valor que costumava ter...
Você é moeda desvalorizada, é jóia falsa, é aquele anel da música (o que era vidro e se quebrou)... E se o anel é você e quebrou, cato então seus pedacinhos e faço um mosaico para pendurar na minha parede, no canto das memórias. E ouso dizer que tu serás o mosaico mais bonito entre eles, pelo menos até agora!!!

Esse texto já estava na cabeça há muuuuuuuito tempo, mas só hoje senti total liberdade de escrevê-lo. Acho que hoje tenho certeza da força das palavras que usei...

4 comentários:

  1. Coitado de quem foi o inspirador desse texto
    rs

    ResponderExcluir
  2. Adorei Cintia, botou pra F... como sempre.
    Pergunta q n quer calar é o muso inspirador já leu isso aq?
    Cuidado, pode rolar um suicide aolapskaolapskaolapskaolapskaolapskaolapskaosa

    ResponderExcluir
  3. Ludmilla Monfardini12 de outubro de 2010 07:36

    Nuss!! Amo o seu jeito de escrever!! Difícil não gostar de alguma coisa!!! As coisas fluem de forma espiralada!!!
    E o melhor,.... ainda me faz entender melhor os homens…. só vc mesmo!!! ahahaha
    Obrigaaaaaaaaaaaaaaaaaada Cíntia Echel!!
    rs, beijinhos amore!! e Feliz nosso dia! (já podemos bagunçar e comer doces)

    ResponderExcluir
  4. PQP!! pegou psado em irmãzinha!! só me pergunto se quem realmente tem que ler este post o leu!!!!

    mas como sempre escreveu muito bem!!

    ResponderExcluir

Amiiiiiiigo, hein?! Pega leve aí... rs

Seguidores